quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Meu adorável Poeta.


ENTRE PARALELOS E APERITIVOS...

Fonte: Facebook  - Arquivo virtual de Thiago Ramos
 

ENTENDA QUE ELA TAMBÉM
É UMA ARMA

vai lá, 
desembainha
a tua voz.

(Thiago Ramos) 




Um cara estranho.. com pinta de maluco beleza, começou a falar de desenhos, músicas e artes afins. Foi assim que conheci Thiago Ramos, um artista por essência, que buscava inspirações em cantores como Fagner, Belchior, Marcelo Camelo, Noel Rosa, Mozart, hun.?!! Zé ramalho, Mercedes Sosa.. uma pitadinha das figurinhas que compartilhávamos. Viramos noites falando não só de músicas como também de desenhos e poesias, eu expondo de meu gostar por Vinícius, Neruda e Espanca e ele humildemente me apresentando o poeta Thiago, que não somente compunha seus textos como os ilustra. E é desse cara, a arte que iriei oferecer um aperitivo neste post.

A ARTE:

Fonte: Facebook  - Arquivo virtual do artista 
Fonte: Facebook  - Arquivo virtual do artista 

Fonte: Facebook  - Arquivo virtual do artista 

Fonte: Facebook  - Arquivo virtual do artista 


Fonte: Facebook  - Arquivo virtual do artista 

Fonte: Facebook  - Arquivo virtual do artista 

O ARTISTA:


Fonte: Facebook  - Arquivo virtual do artista

Fonte: Facebook  - Arquivo virtual do artista 

Fonte: Facebook  - Arquivo virtual do artista
Fonte: Facebook  - Arquivo virtual do artista 

Fonte: Facebook  - Arquivo virtual do artista 
 
Fonte: Facebook  - Arquivo virtual do artista 

Fonte: Facebook  - Arquivo virtual do artista 


Frases não tem que ser necessariamente lógicas. Têm que fazer sentido.

(Thiago Ramos)

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

.. com estilo.

Nesse meu tímido retorno, vou trazendo a única arte que ando contemplando, a Música. Graças a sua liberdade de se reproduzir ao ar , sem ocupar espaço, sem me tomar tempo.. bem que na verdade o que me toma tempo são minhas "obrigações", tempo esse que é de direito de meus "prazeres"!
E é com prazer que compartilho de meu gostar por Zé Ramalho,  aqui cantado por Thaís Gulin, em Film noir dirigido pelo ilustrador e designer Fabiano Vianna e fotografado por Ivana Podolan e Bruno Zotto, criado em técnica de stop motion. Detalhe que me chamou atenção também foram imagens em "cinemagraphs", efeito citado em minha ultima postagem. Vamos deixar de Blá blá.. e conferir essa delícia!


quarta-feira, 8 de junho de 2011

Jamie Beck

 
A magnífica arte da fotografia com o apoio da tecnologia, inovando e encantando. Apresento Jamie Beck e suas impressionantes fotos que se moviementam:
A fotógrafa novaiorquina Jamie Beck mudou totalmente o conceito de GIFs animados ao criar uma respeitada forma de arte, apresentando fotos extremamente impressionantes.
Para quem não sabe, os GIFs animados são famosos na internet. Entretanto, a grande maioria tem caráter humorístico e não guarda grandes preocupações com a qualidade das imagens. O que Jamie faz é exatamente o contrário. As imagens possuem incrível realismo e chama atenção pelos detalhes.
Batizadas como “cinemagraphs”, ela busca não esgotar as possibilidades de uma imagem. Esta realmente parece ser a chave para criar uma arte respeitável.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Coisas de Badoo

Sim é arte também as manifestações culturais nos sites de relacionamentos, extrair essa situação que de fato me ocorreu.
Poderia chamar de poesia, contos ou crônica?? - Deixo para os especialistas definirem:

COISAS DE BADOO:
" Xxxx — sábado, 04 junho 2011 18:02
Mesmo que eventualmente fora do seu padrão de preferências, analisando seu mapa astral, verifiquei que você está para conhecer um jovem senhor quase cinquentão, que fará a sua vida ainda mais feliz, vivendo um lindo, intenso, inesqueçivel, duradouro e prazeroso romance.
E sabe o que eu identifiquei nessa pesquisa? Que esse jovem cinquentão tem exatamente as minhas características...rsrsrs...eu não tinha mesmo que te escrever e dar esta boa noticia?
(mas não conta para ninguém que não entendo nada de mapa astral, analisei apenas o teu porque é do meu total e sincero interesse...rsrsrs)
Beijos carinhosos e tenha um dia espetacular.
Se eu for contemplado com uma oportunidade, me diz seu MSN para eu adicionar, tá bom?
Cattere — 22:38
Realmente fora do meu padrão, mas não poderia deixar de elogiar sua criativa investida.. Mas não me desanimo em querer conhecer homens de 30 q não tenha essa capacidade, pois os msm podem passar a desenvolver tais dotes...srrs!! Bjos... e estimo sorte em sua busca!!!
Cattere — 22:40
Ah e qnt mapa astral, tracei um recentemente e as característica de um possível par romântico está longe do q vc me propôs.. bye "  

* Preservada a identidade do indivíduo

terça-feira, 31 de maio de 2011

Reina de la Noche - Mozart


Aprecie sem moderação:
(Reina de la Noche - La Flauta Magica - Mozart - vídeo)


segunda-feira, 30 de maio de 2011

Pin-Up, toda mulher é.

Acredito que ninguém irá discorda ao dizer que ser Pin-Up é ser feminina, sensual e levemente/Totalmente erótica, e todas nós já pensamos em ser uma. Esse estilo que exercem um forte atrativo na cultura pop misturada ao clássico romantismo, mexe não só no universo masculino, como também provoca o íntimo feminino.
Uma das marcas de uma Pin-Up é a Cereja, batom bem forte, delineador entre outros, e é elegantemente representado pela grande Diva Marilyn Monroe, a bonequinha nada inocente Betty Boop, e nossa contemporânea Katty Perry.
Cá entre nós: - confesso que um de meus fetiches e fazer um ensaio Pin-Up! 




Marilyn Monroe

Betty Boop

Katty Perry

by Cattere Reges.

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Primavera sagrada!

Apresentação:

Para que minhas pesquisas não interessem somente mim, resolvi criar esse Blog. 
Assuntos diversos que me agradem.
Músicas, Fotografias, Arquitetura, Moda, Artes em geral, Tecnologias e Bem Estar, serão as temáticas deste.

(bom como em todo ínicio.. estou pagando para ver, mas em breve encontrarei minha Linha, rs).



Um Pouco de História (curiosidade sobre o nome escolhido):

A revista Ver Sacrum (Primavera sagrada em latim, através de um poema de Ludwig Uhland), editada durante o período 1898 - 1903, foi o órgão oficial da Vereinigung Bildender Künstler Österreichs (associação de artistas visuais austriacos) que agrupou os membros da Secessão vienense. Estava destinada a circular apenas entre os membros da associação, pelo qual atualmente é difícil de encontrar.
A revista declinou após a marcha os seus fundadores: Gustav Klimt, Koloman Moser e Josef Hoffmann.
As palavras Ver Sacrum também aparecem inscritas no lado esquerdo do Pavilhão da Secessão de Viena como homenagem à Antiguidade: fazem referência a um rito pelo qual cada certo número de anos, pro Primavera, os jovens da cidade ou tribo eram expulsos de modo a que fundassem uma nova. Este rito tinha caráter marcial, pois a criação de uma nova pátria implicava sempre algumas batalhas.
Como muitas outras revistas de princípios do século XX, Ver Sacrum visava fazer a conhecer novos estilos artísticos, usando para isso abundantes ilustrações; em concreto caracterizava-se pelo seu estilo angular e pelo constante trasfego de colaboradores.
O primeiro número, publicado em janeiro de 1898, continha textos de Hermann Bahr, Alfred Roller e Max Burckhard. Outros colaboradores seriam Rilke, Maeterlinck e Verhaeren.
O simbolismo da capa da revista foi ideia do redator chefe Alfred Roller: as raízes de uma árvore em flor, que porta nos seus ramos os escudos de armas da arquitetura, a pintura e a escultura.
Na primeira página, a silhueta de uma adolescente (obra de Josef Engelhart) personifica a Primavera sagrada. Outros motivos primaverais são as figuras femininas dançantes ou sonhadoras, os ramos em flor e os ornamentos florais de Koloman Moser, Josef Hoffmann, Joseph Maria Olbrich, Maximilian Lenz e outros. Também Gustav Klimt deve ser incluído, ilustrador da revista por um curto período de tempo.
Cumprida a sua missão inovadora, a partir de 1900 a publicação foi passando a um segundo plano. A partir do terceiro ano, foi publicada semestralmente em lugar de mensual, e com uma menor tirada.

Extraído de : http://pt.wikipedia.org/wiki/Ver_Sacrum